TRE do Pará espera por eleitores para cadastro

Festas de fim de ano fazem a procura por cadastro biométrico cair muito na capital

A menos de três meses para o final do prazo para o recadastramento biométrico na capital, a procura do eleitor ao serviço voltou a cair com a proximidade das festas de fim de ano. O atendimento feito pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) caiu quase pela metade nas últimas semanas. A média de atendimentos que estava em cerca de três mil eleitores por dia, caiu para menos de dois mil atendimentos nas primeiras semanas de dezembro.

A preocupação do TRE-PA é que mesmo com a estrutura montada para atender os eleitores, o acumulado no final do prazo vai gerar uma demanda maior do que é possível atender com conforto e celebridade. “Não queremos que o eleitor fique em filas gigantescas, perca o dia todo para fazer um atendimento que normalmente dura 20 minutos, mas quem deixar para última hora, infelizmente é o que vai encontrar, postos lotados e muitas horas de espera”, alertou Secretário de Tecnologia da Informação do TRE, Felipe Brito.

Para atingir a meta de até 80% do eleitorado belenense cadastrado, o total de atendimentos nos postos deveria ser de pelo menos quatro mil eleitores, um número bem a cima do registrado ultimamente. “Com a proximidade das festas eleitor esquece que fazer a biometria eleitoral ainda é obrigatório e que o não comparecimento aos postos pode trazer graves consequências em 2018”, avalia Felipe. Hoje, apenas 54% do eleitoral realizou o cadastro, faltam mais de 400 mil eleitores comparecerem aos postos.

O TRE-PA abriu novos postos para atendimento sem agendamento, buscando facilitar o acesso aos serviços como o Posto da Companhia Docas do Pará (CDP) na avenida Marechal Hermes, a Central de Atendimento ao Eleitor(CAE), na travessa Pirajá e o Posto da Universidade Federal do Pará (UFPA), localizado no Bloco M da instituição também recebem o eleitor por ordem de chegada. Os demais postos somente por agendamento.

 

“Temos postos em todas as áreas da capital e nos distritos de Mosqueiro e Outeiro, tudo para facilitar o acesso do eleitor, diminuir deslocamentos e custos, por isso, não existe motivo para que este não procure nossos postos”, comentou o secretário. Além dos postos o TRE faz todos os finais de semana atendimentos itinerantes na capital nos bairros com menor procura.