Ex-diretor da Câmara de Vereadores de Santarém é preso

Na mais nova investida da operação Perfuga, a Polícia Civil prendeu na manhã deste sábado (2), Samuel da Conceição Fernandes, ex-diretor da Câmara de Vereadores de Santarém, no oeste do Pará. Ele foi preso na casa dele, no bairro Diamantino.

A investigação conjunta da Polícia Civil com o Ministério Público do Estado do Pará resultou na terceira fase da operação perfuga, denominada “Farra do Combustível”, deflagrada nesta manhã, resultando, de início, no cumprimento de mandados de prisão preventiva em desfavor de Reginaldo da Rocha Campos e Samuel da Conceição Fernandes, investigados pela prática do crime de peculato e associação criminosa.

Reginaldo da Rocha Campos e Samuel da Conceição Fernandes, exerceram a Presidência e Diretoria da Câmara de Vereadores de Santarém, respectivamente, nos exercícios 2015 e 2016.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Rômulo Nogueira de Brito, titular da 2a Vara Criminal de Santarém.

O combustível adquirido pela Câmara de Vereadores, que deveria ter sido utilizado para atividade parlamentar, foi desviado para uso exclusivamente privado, dentre os quais, trocando combustível para serviços pessoais, campanha política em 2016, além de beneficiar familiares.
As investigações continuam.

Foto: Jeso Carneiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *