Escândalo na prefeitura de Porto de Moz com supostas licitações fraudulentas

Depois da polêmica relacionada à Vitória Beatriz Campos, filha do prefeito de Porto de Moz, Berg Campos, que recentemente publicou nas redes sociais fotos em Las Vegas, onde ostenta ao lado do ex-lutador Mike Tyson, fato que deixou os moradores do Município bastante revoltados, principalmente os servidores municipais que estão com salários atrasados, agora a metralhadora está direcionada à administração de Berg Campos, que está sendo acusado de várias irregularidades, principalmente com relação a licitações fraudulentas.

São várias as denúncia de licitações “arranjadas” para beneficiar familiares e amigos do Prefeito. O que mais chama atenção são as licitações vencidas pelas empresas L. C. da R. Mendes Comércio e Massari Norte Comercial Eirelli, ou seja, quase todas as licitações realizadas no governo de Berg Campos foram ganhas por essas duas empresas, mostrando que estão sendo beneficiadas pelo atual governo municipal.

Segundo denúncias que chegaram à nossa redação, tem empresa da esposa do Denis Campos, parente do prefeito Berg Campos, que está sendo beneficiada em licitações. Empresa da esposa do assessor pessoal Marcel Torres e outros, incluindo duas de Altamira que são dele e tem dois irmãos de um sócio do tio do Prefeito, Rivaldo Campos, que também venceram licitação sozinhas: Panda e Casa das Mangueiras ou da Borracha e Irmãos Presciliano, sendo esta com três empresas do esquema: PRESCILIANO COMÉRCIO LTDA, MARCOS PRESCILIANO EIRELLI-ME e PANDA CENTRO AUTOMOTIVO E COM.DE PEÇAS E SERV.LTDA-ME.

Outra empresa dentre tantas que chamam atenção é a TOP LINE TURISMO LTDA-ME, da atual “namorada” que já atingiu além de fornecimento de passagens, também está alocando contêineres para coleta de lixo e aluguel de veículos para transporte de merenda escolar, sendo que o Município dispõe de 2 veículos papa lixo sem necessidade deste aluguel de R4 300 mil. Só em passagens já somam mais de R$ 800 mil. Outra empresa licitada para fornecimento de material de informática: TOP DIGITAL, pertence ao Secretário de Administração e futuro tesoureiro. A Empresa que presta serviço do Transporte Escolar é dirigida pelo tio do Prefeito, Marcelo Campos.

O pior, é que mesmo existindo dois Postos de combustível no Município, o prefeito Berg Campos está comprando combustível de Almeirim, mais precisamente de um doador de campanha, Vereador Cleto Caldeira, bem como fazendo armazenamento improvisado no quintal da Secretaria de Infraestrutura. “A sua rádio Porto FM está alugada para uma empresa ligada ao cunhado deputado Júnior Ferrari, chamada REDE MAGALHÃES CANTO DE COMUNICAÇÃO, com sede em Oriximiná, sendo que o responsável é o atual presidente da comissão provisória do PSD de juruti”, disse um morador bastante revoltado com a atual administração do município de Porto de Moz.

Se o Ministério Público for fazer um levantamento dessas empresas, quase todas estão impedidas de participar em certames licitatórios, por não poderem extrair Certidão junto à Receita federal do Brasil. Para saber, é só fiscalizar o CNPJ dessas empresas.

PIOR GESTOR: Uma pesquisa realizada pela Federação das Associações das Cidades e Comunidades do Estado do Pará, realizada por enquetes com moradores de 20 cidades nos dias 20, 21, 22 e 23 de dezembro de 2017, mostra os melhores e piores prefeitos do estado do Pará, destacando o título de pior administrador para o prefeito de Porto de Moz, Berg Campos (PTB).

 

Fonte: RG 15\O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *