Anvisa proíbe leite condensado por conter bactéria perigosa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de um lote do leite condensado da marca Fazendeira, fabricado pela empresa de alimentos à base de leite Baduy e Cia Ltda., de Ituiutaba (MG).

A Anvisa informa que o lote de número 0681M1, com validade até 17/1/2018, foi interditado após a publicação do laudo produzido pelo Laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro, que registrou a presença da bactéria Estafilococos coagulase positiva acima dos padrões permitidos pela legislação.

A interdição preventiva, imposta em setembro, foi convertida agora em proibição pois a empresa não apresentou qualquer contraprova à agência dentro do prazo de 90 dias. A Baduy não só não poderá mais comercializar o produto como também é responsável por recolher todo o estoque existente no mercado.

Risco para o consumidorDe acordo com a Anvisa, a bactéria estafilococo é um tipo comum, mas que em excesso pode provocar dor de barriga, vômitos e mal estar – por isso seu controle precisa obedecer a um limite rígido.

O produto, portanto, não deve ser consumido, sobretudo por aqueles em situações mais vulneráveis como crianças, idosos ou pessoas que já estão doentes.

O que o consumidor deve fazer? A Anvisa recomenda que no caso do consumidor sentir que foi lesado e desejar ser ressarcido, poderá procurar um órgão de defesa do consumidor como o Procon de sua cidade.

 

Fonte: DOL e Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *